cavalos

Loading...

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

"Lajedo" A Nossa Mais Nova Aquisição


Este é Lajedo, Cavalo Nordestino de aproximadamente 10 anos, castrado e com 1,37 m de cernelha.


Nossa mais nova aquisição


Os Tordilhos se destacam pela força e beleza!


Ótima garupa e cascos rígidos.


Em breve mostraremos os trabalhos com ele.


Cavalo de aproximado 320 Kg de muita força e disposição.


Está ficando cada dia mais difícil encontrar cavalos como Lajedo e se esta seca se prolongar ficará ainda mais difícil! Mas, continuaremos a garimpar bons Cavalos Nordestinos!  

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

15.02 .Xique-Xique o parceiro de Mandacaru no Tropel Nordestino

Elegemos o Mandacaru e o Xique-Xique para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!


Abraçamos um grande desafio junto ao nosso grande amigo e experiente cavaleiro o Claudio Crespo e contamos com todos que possam nos apoiar, em breve divulgaremos muitas outras novidades sobre este grande desafio, mas, acreditamos demais em nossos cavalos e em nosso cavaleiro e em Deus que nos cobrirá de bençãos nesta grande viagem para provarmos o grande valor dos que são desprezados!


Agradecemos demais à todos que nos apoiam e nos acompanham, só assim, juntos poderemos mostrar do que o Cavalo Nordestino e um recordista nacional de cavalgadas de longas distâncias, esquecidos, são capazes de fazer!


Continuamos na busca de sonhos sonhos e ideais e contamos com você!

31.01.Xique-Xique o parceiro de Mandacaru no Tropel Nordestino

Elegemos o Mandacaru e o Xique-Xique para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!

                                               

Chegando para novas esperiências!



Olhando tudo!


Assim como Mandacaru, Xique-Xique recebeu outro vermífugo em pasta e vacina Tri Equi (contra encefalomielite equina, tétano e influenza), sal mineralizado, grama verde, ração DuRancho (Estreme) e suplementos Super Horse do Brasil.


Enquanto o redondel não fica ponto já começamos os trabalhos com a mãozinha e a corda.


Meio assustado mas não violento


No início não conseguíamos fazer isso!


Antes o coice já rolava, agora isso é passado!


O banho é muito importante, relaxa, refresca e dá mais confiança! 


Primeiro dia em que comeu a ração DuRancho (Estreme) e suplementos Super Horese do Brasil sem problemas!


Cavalo de boas linhas, quem entende sabe que eu estou falando. 


14.01.Xique-Xique o parceiro de Mandacaru no Tropel Nordestino

Elegemos o Xique-Xique e o Mandacaru para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!


.Primeiro dia em que tivemos o contato com o Xique-Xique, cavalo nordestino oriundo do município de Casa Nova aonde teve uma oferta melhor de água e alimento, pois fica na margem do lago de Sobradinho que foi adquirido pela nossa associação AEPCN. Xique-Xique, cavalo nordestino de 12 anos com 1,39 metros de cernelha que estava a mais de dois anos sem ser utilizado para nada mas já foi muito utilizado em corridas de prado e corrida de argolinha, muito ativo e esperto, era muito arisco e assustado mas nada que um bom treinamento não possa corrigir.   


De cascos muito rígidos e esperto achamos que ele tem qualidades que só quem conhece o cavalo nordestino sabe. 


Para tratarmos o machucado que a peia fez, aplicarmos a vitamina de ADE e o vermífugo em pasta tivemos que colocá-lo em um brete e já começamos a tirar as cócegas.


Depois foi relaxando!


Boa traseira e formação de aprumos

15.02. Mandacaru o parceiro de Xique-Xique no Tropel Nordestino


Elegemos o Mandacaru e o Xique-Xique para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!


Sempre juntos como deve ser!




Ainda falta um pouco para melhorar a carcaça mas chegaremos lá!


Olhem como já melhorou. Agora estão comendo grama verde e ração DuRancho (Extreme), suplemento da Super Horse do Brasil e sal mineralizado


30 de Jan. Mandacaru o parceiro de Xique-Xique no Tropel Nordestino


Elegemos o Mandacaru e o Xique-Xique para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!


Dia 30 de Janeiro trouxemos Mandacaru para o Haras Carranca para iniciarmos os trabalhos de melhoramento alimentar, treinamento e manejo sanitário.


Primeiro, um bom banho, quem deu o último foi a própria chuva.



A turma de Gegê aproveitando a mansidão de Mandacaru

13 de Jan. Mandacaru, o parceiro de Xique-Xique no Tropel Nordestino


Elegemos o Mandacaru e o Xique-Xique para a grande jornada com os cavalos nordestinos de Juazeiro ao estado do Espírito Santo com o nosso amigo Cláudio Crespo, sem ferraduras, e agora começa o trabalho de tratamento e treinamento dos cavalos, continue a nos acompanhar nesta jornada de desafios o que é normal para nós nordestinos!



Dia 13 de Janeiro, primeiro contato com o Mandacaru, cavalo nordestino do Vale do Salitre, que pertence ao nosso diretor Carlos Roberto, fazenda Santa Terezinha, cavalo de 13 anos com 1,37 m de cernelha, muito rústico, é cavalo de vaqueiro (Sr. Antônio de Ângelo) de cascos rígidos, muito dócil e de andar macio.


Mandacaru acaba de sair de escapar da maior seca dos últimos 50 anos quando tiramos esta foto não havia ainda recebido nenhum tipo de tratamento e estava com o pelo brilhoso.


Neste dia foi aplicado um vermífugo em pasta e 5 ml intramuscular de vitamina ADE somente. 


Cascos dianteiros


Cascos traseiros


A roça aonde ele estava não tinha nada no chão, mesmo assim ele acha, era uma roça de algarobas e era colocado duas vezes no dia um feixe de capim de corte, nada de sal mineral e nem ração. 


Entrando para "pastar"


Ranilha longa, casco bem pinçado de talões altos e muito rústico

Construindo o Nosso Redondel


Pode ser pouco, mas para nós da AEPCN é muito importante, o nosso Redondel, pois é o nosso laboratório e será o nosso parque de diversões com os cavalos.


Ele tem 14 metros de diâmetro e ainda será finalizado, mas, o mais importante já está pronto.


Quando nós queremos, vamos á luta, como sempre foi e sempre será!



Arregaçamos as mangas, passamos protetor solar, pegamos nas ferramentas e fomos ao Haras Carranca do nosso amigo Macaxeira aonde estão os cavalos e o nosso redondel.


Ainda falta: colocar mais areia, espalhar a mesma, colocar um rodapé para que a areia não se espalhe, colocar as tábuas, passar o arame liso e colocar a cancela. 


Da esquerda para a direita: Gegê (Gênison), Sr. Ademir o nosso caseiro do haras, o vizinho e amigo Mazinho, Joãozinho (João Luis) e o velho Macaxeira (Carlos Augusto).


Da esquerda para a direita: Eu. Luis Cleber, Macaxeira, Joãozinho, Sr. Jonas o pedreiro que está construindo algumas estruturas novas como: quarto de sela e quarto de ração entre outras. Foram dois finais de semana de muito suor e cansaço, mas, valeu demais as dores musculares. Depois tem mais!